Violência: Filha trama morte do pai e jovem morto à luz do dia na região

Semana violenta culmina com morte do maior traficante do oeste baiano, em América Dourada. Acompanhe:

Filha é presa sob suspeita de matar o próprio pai e forjar latrocínio em Central, região de Irecê; marido dela também foi preso

O crime aconteceu em outubro de 2022, na casa em que a vítima, identificada como Lourival Felix de Lima, morava. As prisões de Marizete Souza Lima e Paulo Santana da Silva aconteceram na terça-feira (28).

Ainda de acordo com a Polícia Civil do município, o crime foi premeditado. As investigações apontaram que o casal se deslocou até o povoado de Vereda, na noite do dia 29 de outubro, com a justificativa de que Paulo Silva iria votar nas eleições.

Os suspeitos contaram para vítima, que depois, iriam para a sede da cidade, onde Marizete Lima votaria. Na mesma noite, a suspeita pediu para que as duas filhas mais novas, que moravam com o avô, fossem dormir com a irmã mais velha delas, para que o idoso ficasse sozinho.

A polícia informou que os suspeitos retornaram a casa do idoso durante a madrugada, deixaram uma motocicleta em um beco, pularam um muro e arrombaram a porta dos fundos do imóvel. Quando a vítima percebeu e foi até o local, foi agredida com pauladas na cabeça.

Após o crime, o casal teria ainda escondido a televisão da casa no colchão de um dos quartos e levado o celular e dinheiro da vítima. Em seguida, foram para o povoado de Vereda.

Na manhã do dia 30 de outubro, após Paulo Silva votar, o casal foi na casa do idoso e começou a ligar para outras pessoas dizendo que encontraram a vítima morta. Eles ainda falaram que a televisão, o celular e o dinheiro de Lourival tinham sido roubados, simulando o crime de latrocínio.

A polícia informou que Paulo Silva, genro do idoso, confessou o crime, e disse que a esposa tinha feito um empréstimo e dois cartões de crédito no nome do pai, e que os dois mataram a vítima, com medo de de que Lourival Felix descobrisse.

Já a filha da vítima, preferiu se manter em silêncio durante o depoimento.

O caso é investigado pela 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Irecê) e pela Delegacia Territorial (DT) de Central. 

G1

Em Várzea Nova, jovem dono de borracharia é morto em plena luz do dia

Nesta quinta-feira (02/03), por volta das 9:30, o proprietário de uma borracharia foi morto a tiros na cidade de Várzea Nova.


A vítima identificada como Wesley Barbosa estava no seu local de trabalho, quando foi surpreendido por homens armados, que efetuaram vários tiros, fugindo em seguida.


A Polícia Militar fez o isolamento da área e aguarda a chegada dos peritos da Polícia Civil de Jacobina.


Fonte: Jacobina 24 Horas

Em América Dourada: Morre em ação policial, homem considerado maior traficante do oeste baiano

Um homem apontado como o maior fornecedor de drogas no Oeste baiano morreu em uma ação em América Dourada, no Centro Norte do estado. Segundo a Polícia Civil, Uelton Pionaldo dos Santos era também investigado por ameaçar um membro da Justiça e era monitorado pela Polícia Federal (PF). A polícia informou também que, apesar de estar em prisão domiciliar, o acusado resistiu à ação e acabou sendo atingido.

Depois, o homem foi a óbito. Durante a ação, os policiais apreenderam uma pistola 9mm. “Esse criminoso era alvo da Polícia Federal. Ele estava em prisão domiciliar e conseguimos o mandado para realizar as buscas”, disse a delegada e diretora do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), Andréa Ribeiro.

No decorrer das diligências do caso de ameaças, um aparelho celular foi apreendido na cela de outro investigado, no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador.

O aparelho estava enrolado em pedaços de tecido. Esse material vai contribuir com a nossa investigação. Vamos encaminhar para perícia”, acrescentou a diretora. A operação teve apoio de equipes da Coordenação de Operações Especiais (COE) e da 14a Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Irecê), além de policiais do DHPP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *