Vigilância epidemiológica apresenta índice de infestação do mosquito Aedes aegypti em Morro do Chapéu

A dengue representa um problema de saúde pública em todos os municípios do brasil. Estima-se que em âmbito mundial ocorra cerca de 50 milhões de infecções por ano. O principal vetor dessa doença, e também de outras mais recentes como Chikungunya e Zika, é o mosquito Aedes aegypti que se favorece das condições meteorológicas e dos hábitos humanos. As condições meteorológicas são relevantes, mas não determinantes na proliferação da doença. O espalhamento e a persistência desta virose estão condicionados à sobrevivência e reprodução do seu vetor, a fêmea do mosquito Aedes aegypti. foi com o propósito de intensificar o combate a este Vitor que neste terça feira 5 de junho de 2018 a vigilância epidemiologia do Município sob a coordenação da enfermeira Lorena Carla apresentou para os trabalhadores agentes comunitários de agentes de endemias, entre outros, os índices de positividade de infestação do mosquito Aedes aegypti em todo o município de Morro do Chapéu tanto sede como interior os quais apresentam índice altos em aguns bairro da cidade como segue a tabela abaixo:


Colaboração: Pedro Honorato

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.