Resultado da operação Tiradentes

 
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) finalizou, às 23h59 de ontem (23), a Operação Tiradentes 2017, iniciada em 20/04. A Operação transcorreu com reforço de policiais que desenvolveram ações de fiscalização e de combate à criminalidade em todo estado.
A fiscalização foi intensificada nos trechos mais críticos das rodovias baianas, esforço que resultou no aumento de 34,5% no número de veículos abordados.
Foi registrado aumento acentuado no uso do álcool, que configura uma das condutas que mais comprometem a segurança viária. Em 2016, a Operação  Tiradentes submeteu 1.831 motoristas ao teste de etilômetro e flagrou 12 condutores dirigindo sob efeito do álcool. Neste ano foram 3.607 testes e 75 resultados positivos, cinco vezes mais condutores conduzindo alcoolizados, um aumento de 525%.
Já com relação às ultrapassagens em locais proibidos, manobras responsáveis pelo maior número de mortes em rodovias, o crescimento foi de 18,82%.
Com relação à velocidade, os radares dispostos ao longo das rodovias flagraram 1.935 veículos transitando em excesso de velocidade, aumento de 7,98%.
OCORRÊNCIAS
Fatores como a imprudência, a inabilidade, a falta de cuidado e o desrespeito às Leis de Trânsito dos condutores, foram determinantes para a ocorrência de 47 acidentes, 12 foram considerados graves, aqueles em que há pelo menos um ferido grave ou uma pessoa morta. No período, 7 pessoas foram feridas gravemente, comparando-se com o feriado de Tiradentes de 2016 houve uma redução de 58,8 %. Três pessoas morreram este ano, o que representou uma redução de 40% no número de mortos.
EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO
Dentre as ações desenvolvidas pela PRF durante a Operação Tiradentes 2017, destaca-se ações educativas, como o Cinema Rodoviário, que desenvolveu atividades durante o evento “Encontro de Motociclistas em Paulo Afonso” e nas rodovias federais com palestras e vídeos, alcançando 2.538 pessoas. Os PRFs orientaram condutores e passageiros a terem uma postura defensiva em relação ao trânsito, principalmente quanto à direção segura, enfatizando os riscos do excesso de velocidade, da alcoolemia ao volante, das ultrapassagens proibidas e do correto uso dos equipamentos de segurança.
CRIMINALIDADE
Paralelamente à fiscalização de trânsito, a PRF desenvolveu o combate à criminalidade, inibindo ações delituosas contra os usuários das rodovias. Em todo o estado, os policiais prenderam 32 pessoas por crimes diversos, apreenderam 105 kg de substância análoga a maconha e recuperaram 4 veículos roubados, o que representou um aumento de 300% em relação a 2016.
INFRAÇÕES
Apesar de todo o trabalho educativo, a PRF ainda flagrou e autuou diversos condutores irresponsáveis ou agindo com imprudência. Do total de 8.055 veículos fiscalizados, 9.086 pessoas foram abordadas, 1.935 imagens de radar capturadas por veículos em excesso de velocidade. Destacam-se ainda 606 por ultrapassagens proibidas, 199 por não usar cinto de segurança, 32 por transportar criança em veículo automotor sem observância das normas de segurança e 35 por conduzir motocicleta, motoneta ou ciclomotor sem usar capacete de segurança.
ANIMAIS NA PISTA
Outra ação preventiva com impacto diretamente relacionado com a redução de acidentes, em geral graves, é o recolhimento de animais soltos ou abandonados às margens das rodovias federais. Somente no período desta operação, a PRF recolheu 118 animais nas rodovias federais da Bahia.
ALCOOLEMIA
PRF X Embriaguez no Trânsito – Lei Seca: A PRF intensificou a fiscalização quanto ao uso de bebida alcoólica na direção de veículos automotores. Apesar de todo este trabalho e das campanhas realizadas, alguns condutores ainda abusaram da bebida. Este ano, durante a Operação Tiradentes, dos 3.607 testes com etilômetro, 75 condutores foram notificados por dirigirem alcoolizados, infração gravíssima, com multa de R$ 2.934,70. Dos flagrados, oito condutores foram encaminhados à Delegacia de Polícia Judiciária por crime de embriaguez no trânsito (artigos 165 e 306 do CTB, além da lei 11.705/2008 e Lei 12.760/2012).

Salvador, 24 de abril de 2017

 

  Sylvianne Marcelle Dias Evaristo dos Santos

                                     Policial Rodoviário Federal                                                                                                                 

Chefe substituto do Núcleo de Comunicação Social                                                                                                      Original assinado e arquivado nesta SRPRF/BA                                                                              

Missão da Polícia Rodoviária Federal

Garantir segurança com cidadania nas rodovias federais e nas áreas de interesse da união

 LEMBRE-SE: DIRIGIR ALCOOLIZADO É CRIME E PODE DAR CADEIA!

Plantão da PRF: Telefone (71) 2101-2201                 EMERGÊNCIA191

PDF:Operação Tiradentes 2017 Resultado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.