Nonói escreve: ‘Encontro Musical’

Enquanto a Ivete Sangalo procurava Dalila, Odair José perguntava cadê você e Henrique e Juliano choravam na calçada dela. De repente, Roberto Carlos chegou em frente ao portão, enquanto Gilberto Gil esperava na janela. Caetano Veloso chegou sozinho, mas trazia debaixo dos caracóis dos seus cabelos uma história pra contar. Luiz Caldas também veio, trazendo Ode e Adão.

Simone e Simária vieram apenas buscar o violão e o cachorro. Eis que de repente chega o Leonardo, de latinha na mão. Com ele vieram Rick e Renner, e a bebedeira começou. Quando eu quis entrar na folia, a Roberta Miranda me puxou dizendo, vem cá meu dengo. Foi aí que João Bosco e Vinícius chegaram, misturando bebida com fumaça.

Chega o Zeca Pagodinho, com seu jeito moleque, dizendo: o que quero é o feijão da Dona Neném. Nessa hora a Beth Carvalho trouxe um saco de feijão. Toda animada a Elba Ramalho chega e diz: olha que isso aqui tá bom demais! E até que esteve bom, até chegar a galera da Banda Calango Aceso, pra dizer que apagaram o candeeiro e derramaram o gás.

Foi nesse momento que a Sandy e a Maria Gadu falaram: a gente se acerta no escuro. Só que quando Fernando e Sorocaba chegaram falando: hoje tem rolo e confusão, o Roberto Carlos tratou de acabar com a festa, cantando: o show já terminou, vamos voltar à realidade. Todos então se juntaram a Chitãozinho e Xororó, e cantaram: pé na estrada, lá vamos nós outra vez!

Por Noedson Valois.

Aos 13 de fevereiro de 2023.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *