“Mendigato” revela como foi sexo com mulher do personal: “Perfeição em corpo de mulher”

As cenas em Planaltina envolvendo um casal e um morador de rua que ganharam repercussão nacional, até o momento, contavam apenas com a versão do personal trainer Eduardo Alves, que espancou o sem-teto flagrado mantendo relações sexuais com sua esposa. O educador físico alegou que a companheira estava em surto psicótico e, por essa razão, teria sido vítima de um estupro.

Quatorze dias após o episódio que surpreendeu o Brasil e inundou as redes sociais com as opiniões mais diversas, o Metrópoles encontrou o sem-teto que, em entrevista exclusiva, narrou o que teria acontecido na noite de 9 de março. As imagens em que ele aparece apanhando foram gravadas por câmeras de segurança de uma casa.

Baiano de 48 anos, Givaldo Alves, assim como em depoimento à polícia, reafirmou que a relação com a mulher foi consensual e que, inclusive, foi convidado por ela a entrar no veículo, mesmo após dizer que não “tinha tomado banho”. “Eu andava pela rua e ouvi um grito: ‘moço, moço’. Olhei para trás e só tinha eu. E ela confirmou comigo dizendo: ‘Quer namorar comigo?’”, afirmou ele em entrevista aos jornalistas @caiobarbieri e @carloscarone.

http://96fm.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.