Hoje (22) será a 4ª noite do Novenário do Divino e São Benedito

O novenário das festas tradicionais de São Benedito e do Divino Espírito Santo começou nesta sexta (19), seguindo até o dia 27, culminando com as missas festivas respectivamente dias 28 e 29 (feriado municipal). Confira:

Você sabe quem foi São Benedito?

Benedito nasceu na Sicília, Itália, em 1524. Filho de escravos vindos da Etiópia, obteve a liberdade quando ainda era menino. Recebeu educação cristã e sempre rezava o rosário, ensinado por sua mãe. Ingressou em um convento franciscano de Palermo, capital da Sicília, e foi religioso exemplar, admirado por seu espírito de oração, por sua humildade e obediência. Ainda que analfabeto, irmão leigo, a sabedoria e o discernimento que possuía fizeram com que fosse nomeado mestre de noviços e mais tarde eleito superior do convento. Muitas pessoas o procuravam para consultas e para pedir-lhe conselhos e orientação segura; ele atendia a todos com paciência e dedicação. Ao final de seu período como superior, retornou com humildade e naturalidade para a cozinha do convento, reassumindo com alegria as modestas funções que antes desempenhara, permanecendo nesse posto até o fim de sua vida. Faleceu com fama de eminente santidade, aos 65 anos de idade, em 1589. Foi canonizado em 1807.

Você sabe qual é o significado do nome de São Benedito?

Benedito vem do latim “benedictus” e significa “abençoado”, “bendito”, “louvado”. Deriva do verbo “benedicere” (“bene” = bem + “dicere” = falar/dizer), que significa “abençoar”, “bendizer”, “falar bem” (de alguém). Nome de São Bento de Núrsia (nascido como Benedetto), fundador da Ordem dos Monges Beneditinos; por causa da sua grande influência dentro do cristianismo, esse nome passou a ser comum entre os cristãos, inclusive foi adotado por dezesseis papas.

Você sabe como São Benedito se libertou da escravidão?

São Benedito era filho de escravos africanos vendidos na ilha da Sicília. Seus pais eram cristãos fervorosos, mas não queriam ter filhos para não gerarem mais escravos. O senhor deles, porém, ao saber disso, prometeu que, se eles tivessem um filho, daria liberdade a ele. Assim se fez: o casal de escravos teve um filho, Benedito, que, conforme a promessa, foi alforriado pelo seu senhor quando ainda era menino.

Você sabe como São Benedito se tornou franciscano?

Desde pequeno, São Benedito demonstrava grande apego a Deus e à religião, tanto que os seus amigos, brincando, profetizavam: “nosso santo mouro”. Por ser negro e viver na Itália, era alvo de muitas discriminações. Contudo, nunca se revoltou e sempre encontrou na oração o conforto e a fortaleza para resistir as provações. Aos 20 anos de idade, ele foi insultado por causa da sua raça. No entanto, tudo suportou com muita calma e paciência, o que não passou despercebido aos olhos do líder dos eremitas franciscanos, Frei Jerônimo Lanza, que o convidou para fazer parte da sua congregação. Aceitando prontamente ao seu convite, Benedito vendeu tudo o que tinha e se tornou um eremita franciscano exemplar, primando pelo espírito de oração, pela humildade, pela obediência e pela alegria, numa vida de extrema penitência.

Por: @urbrito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *