Feirão de empregos é suspenso após confusão e manifestação na BR-116

A quantidade insuficiente de senhas distribuídas em um feirão de empregos motivou uma grande manifestação na manhã desta terça-feira (18), na BR-116, próximo à passarela do bairro Cidade Nova, em Feira de Santana, em frente ao transbordo.
Os manifestantes queimaram pneus e bloquearam a rodovia provocando um longo congestionamento. Segundo um candidato a uma vaga de emprego, foram distribuídas 300 senhas, mas apareceram mais de três mil pessoas, provocando grande confusão.
“Foi feito o anúncio de uma ação em prol dos desempregados. Cheguei aqui às 3h da manhã e saiu a informação de que seriam distribuídas 300 senhas, sendo que quando eu cheguei já havia mais de 300 pessoas na minha frente. Às 7h da manhã já havia mais de três mil pessoas, e a fila subiu a passarela. E não tivemos nenhuma posição definida da organização”, informou Lourival Oliveira, que está desempregado há mais de um ano.

Foto: Liliane de Jesus
A Polícia Militar foi acionada para conter a manifestação. O serviço de empregos oferecido pelo Sinebahia, TV Subaé e parceiros foi suspenso temporariamente. Hoje, além dos encaminhamentos para entrevistas de empregos, seriam oferecidos palestras de qualificação profissional, e emissão de carteira de trabalho.
O diretor da TV Subaé, Marcílio Costa, falou em entrevista ao Acorda Cidade, que a ação é uma réplica do que a TV Bahia promove em Salvador já há algum tempo. “A grande maioria veio em busca de emprego porque a gente vive um momento que a economia tem um déficit tão alto na empregabilidade, por isso tivemos essa confusão. As pessoas que chegaram cedo estavam todas nos lugares certos, nos ambientes definidos pra eles. Aqueles que chegaram depois que causaram essa confusão sem necessidade nenhuma”, afirmou.
Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade.

Fonte: Acorda Cidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.