Patriotismo: ainda há indícios de sua existência ?

A Live do Léo recebeu o vídeo que você irá assistir a seguir, encaminhado pela amiga Marilene Garcia que, além do vídeo, gravado no dia do passamento do ex vereador Bley (08/06), informou-nos também que, além do fato mostrado, ainda buscou repartições municipais, incluindo a sede da prefeitura, para saber o porque do não hasteamento dos demais pavilhões (bandeiras), visto quê, além de vereador, o falecido era servidor público concursado e estava assumindo função na gestão atual sem, no entanto, obter resposta satisfatória e perceber que o colaborador responsável pelo hasteamento, não tinha o conhecimento necessário sobre o assunto.

INDEPENDENTEMENTE do fato lamentável – o passamento do amigo, uma bandeira, seja ela municipal, estadual ou nacional, não pode ser hasteada naquelas condições. Aos órgãos de educação cabe a fiscalização

Resumo da ópera, patriotismo, apenas no papel.

LRN

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: