Não é brincadeira!

Não é brincadeira, e muito menos “mimimi”. O feminicídio é real e ele acontece não só no Brasil como no mundo inteiro. Já passou da hora de tomarmos uma atitude, não podemos fechar os olhos para esse assunto e tentar ignorar só porque ele é “delicado demais”. Está na hora de tomarmos uma iniciativa, de lutarmos contra isso, de nos unirmos, não só as mulheres mas toda a sociedade. E não podemos deixar que esses casos passem despercebidos ou impunes.

Não foi por amor.

Uma das desculpas mais comuns nos crimes de feminicídio é aquela de os homens falando que fizeram aquilo por amor, por ciúme, por um momento de descontrole e que se arrependem. Não foi por amor. Ninguém mata por amor. Não foi por ciúme. Foi por possessividade. Foi porque os homens estão acostumados a achar que as mulheres são propriedade deles, e quando isso não acontece eles simplesmente não aceitam. Por isso, nós temos que educar nossos homens, desde muito pequenos, conscientizá-los de que ninguém é propriedade de ninguém, e ninguém é obrigado ou obrigada a ficar com ninguém.

O feminicídio começa com uma piadinha “inofensiva”. Depois ele vira um comentário desnecessário. Aí, ele vira um pensamento ofensivo. E um comportamento opressivo. Ele vira um dedo apontando na cara e um olhar torto de censura e julgamento. Ele vira um xingamento, uma ofensa, uma pressão psicológica. Então ele parte para a agressão física, verbal, moral e mental. A agressão física vai avançando, cada vez mais. E por fim ele vira o feminicídio. Portanto, cada palavra, cada ato, cada comentário e cada risada diante de “piadas” contribui para o resultado final dessa linha.😢
Ninguém é de ninguém!
Ninguém é obrigado a nada!
🚫Denuncie !
#fiminicidio
#feminicidiobasta
#fabianadourado

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: