Música: estudo comprova que ela pode aumentar a motivação durante a prática de exercícios físicos

Jovem ou com idade mais avançada, com 1 ou 100 anos, a música consegue atingir a todas as pessoas de alguma maneira. Seja para ajudar na rotina diária, durante o descanso, para passar o tempo, para dançar e cantar alto. As batidas das músicas são contagiantes e fazem parte do dia a dia. Além dela conseguir mudar o humor das pessoas, ela também traz aquele fôlego extra para quem está praticando alguma atividade física; e inclusive influencia na performance durante a prática esportiva.

De acordo com uma pesquisa das universidades de Verona e de Milão, na Itália, a performance das pessoas durante o treino ao escutar canções com ritmos acelerados e lentos, tende a seguir o ritmo dado pela música. Quando praticamos exercícios, nosso coração chega a ter picos maiores que 160 ou 170 batimentos por minuto (BPM). De maneira parecida, as batidas das músicas também podem ser mensuradas pela mesma medida, os BPMs. De acordo com a pesquisa, músicas que tem um ritmo mais acelerado nos ajudam a aumentar a motivação e até melhoraram o humor. Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores recrutaram um grupo de mulheres que praticaram treinos aeróbicos, com caminhadas na esteira; e de musculação, com a máquina de exercícios para as pernas (leg press).

As participantes tinham de realizar os movimentos sob influencia de diferentes estímulos: em silêncio, depois de escutar uma música com batidas lentas (90 a 110 BPM), médias (130 a 150 BPM), e rápidas (170 a 190 BPM). Depois dos testes, as mulheres eram entrevistadas com um questionário para avaliar o esforço que elas acreditavam ter feito para concluir os exercícios. A partir disso, foi descoberto que as canções mais aceleradas ajudam a melhorar a força de vontade para realizar a atividade, e a motivação durante a prática. Além disso, as canções ajudaram as participantes a se distraírem da fadiga causada pelo exercício. “Ouvir músicas animadas que sejam do gosto do aluno sempre ajuda na motivação para seguir com os exercícios. O ritmo alto e dinâmico de uma música provoca a liberação de dopamina no cérebro. Esse neurotransmissor desempenha importante papel no comportamento do ser humano e logo uma relação direta com a sensação de prazer e recompensa induzida pela música”, explica Guilherme Reis, Coordenador Geral da Rede Alpha Fitness.

Assim, a música ajuda a suportar treinos pesados, aumenta a resistência corporal e deixa seu treino mais leve; ajuda a se concentrar durante a aula de yoga, e estimula o corpo. “Todos os esportes podem se beneficiar da música, basta montar uma playlist para a hora de treinar! O importante é ter sempre a música como mais uma aliada. Sempre é bom ter aquela dose extra de incentivo na hora de se exercitar!”, conclui Guilherme.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: