Motorista contesta Lei em Morro do Chapéu e rebate acusação de depredação

As notícias policias publicadas pelo LRN, vez por outra recebem contatos para retificação ou publicação de NOTA DE ESCLARECIMENTO.

Recentemente, foi publicada a seguinte matéria:

  1. Partindo da premissa de oportunizar o direito de resposta e esclarecimento, quando não apenas a condição essencial de se conhecer os dois lados da mesma história, LRN publica a segunita nota:
  2. Considerando a notícia veiculada, no último dia 16/09/2021, no site https://leoricardonoticias.com.br/, com a manchete POLÍCIA MILITAR RECUPERA MOTO FURTADA E APLICA MULTA A CAMINHONEIRO QUE DEPREDOU CANTEIRO DE OBRAS EM MORRO DO CHAPÉU;
  3. Considerando que no bojo da supracitada notícia consta o seu nome, à revelia do que dispõe a legislação pátria;
  4. Considerando a sua reputação ilibada e notória maestria na condução de carros pesados – de grande porte – sobretudo do modelo Scania T 112. ANTÔNIO MOTA DE JESUS, POR INTEMÉDIO DO SEU ADVOGADO, ESCLARECE QUE:
  5. Não depredou canteiro de obras;
  6. Na verdade, no momento de manobrar o caminhão, na tentativa de evitar os pontos cegos, ao tentar desviar de outro veículo pequeno que estava estacionado de forma irregular, uma pequena parte do caminhão apenas tocou e levou ao chão uma mera parte do canteiro;
  7. No exato momento da ordem de parada, parou o caminhão e cumpriu integralmente as recomendações da guarnição de serviço;
  8. Sempre se pautou no estrito cumprimento das leis e, sobretudo, do Código de Trânsito Nacional;
  9. Já passou inúmeras vezes pela Rua Senhor dos Passos, próximo ao Clube Municipal de Morro do Chapéu, inclusive há pouco tempo. Todavia, desconhecia
    o atual ato da Prefeita que criou restrições para o respectivo trecho, ato este constitucionalmente contestável.

  10. ANTÔNIO MOTA DE JESUS/MOTORISTA RESPONSÁVEL

  11. JOEDSON GOMES/OAB/BA 55.154

2 comentários em “Motorista contesta Lei em Morro do Chapéu e rebate acusação de depredação”

  1. Está uma vergonha Morro do Chapéu-BA, não tem semáforos, nem faixas de pedestres e onde tem placas de proibido parar e estacionar os carros permanecem o dia inteiro.
    Sem falar do “calcadão” que não tinha necessidade e a praça da música tomada por trailer de lanches que mais parecem container de lixo.
    Ou faz bem feito e obedecem as leis ou então não faça. Visite a cidade vizinha de Irecê e busque exemplos para Morro do Chapéu.

    1. Também nao gosto da praça da música com essas barracas…acho feio!parece casa com puxadinho de barro!pra mim,deveriam ter feito em.outeo local e com uma estrutura mais apropriada…

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: