Morro do Chapéu tem novo Boletim divergente ao boletim da SESAB

Ao ser publicado o Boletim da SESAB desta quarta (27), as manifestações em rede social levantaram questionamentos sobre a diferença de 1 caso positivo que permanece apontado no referido boletim, entrando em conflito com o Boletim oficial da Vigilância Epidemiológica de Morro do Chapéu. Confira:

Vale chamar a atenção de todas (os) para o número de suspeitos e negativos que tem variado bastante e no caso dos Negativos, tem crescido, Felizmente.

No entanto, a situação que se repete e deixa a população preocupada, levou LRN a buscar novamente as autoridades da saúde, no que fomos prontamente atendidos e orientados pela secretária Francielle Novais, cuja resposta incluiu,além do repetido erro da SESAB, acrescentou que este não é um problema apenas de Morro do Chapéu mas, de outras cidades cujos nomes já apareceram na lista e ainda não receberam a devida correção, enquanto outros municípios, a exemplo de João Dourado, onde infelizmente, já se confirmou 3 casos da COVID-19, ainda não aparece na lista. Neste caso, pode faltar a fonte oficial, o LACEN (Laboratório Central), apresentar os resultados finais, como também, secretários da saúde de outros municípios levantam a hipótese de haver uma coincidência com os casos detectados através de testes rápidos sendo contados para qualquer localidade, demorarem mais tempo para sofrerem correções.

Afora toda esta situação de choque e desencontro de informações, para o LRN, o que mais surpreende é o fato de que a população questiona várias ações e decretos dos municípios como também do estado, a exemplo de antecipação de feriados, visando a redução da circulação de pessoas e por consequência do vírus, num paradoxo de contestação quando os números mostram o crescimento (mesmo que em divergência), dos números de casos positivos, demonstrando que o isolamento ainda é o melhor remédio, somado ao uso da máscara, do álcool gel, como também a obediência as ações que estão sendo tomadas em todo o planeta e não seria diferente para nós morrenses.

Em suma, se todos não fizermos um pouco de sacrifício, mais um vírus irá nos derrubar, a exemplo do que já é realidade com a dengue e suas derivações.

Mai uma vez, Reflitamos!

Abaixo, a íntegra do Boletim Eletrônico da SESAB, aos 27 de maio de 2020:

E não esqueça, se você puder, #FIQUEEMCASA.

LRN

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: