Estado muda nome do Colégio Modelo Luiz Eduardo Magalhães em Jacobina; ACM Neto critica

O Governo da Bahia, através da Secretaria Estadual de Educação, vem rebatizando unidades escolares que homenageavam duas ilustres figuras da política baiana: Antônio Carlos Magalhães e o seu filho Luís Eduardo Magalhães, ambos já falecidos.

Depois das cidades de Malhada, Boquira e Fátima, que tiveram os nomes da família Magalhães apagados das suas escolas, agora foi a vez do município de Jacobina. Nesta quarta-feira (20), o Diário Oficial do Estado publicou a troca do nome do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, que segundo portaria assinada pelo secretário Jerônimos Rodrigues, passa a se chamar Colégio Estadual Cultural de Jacobina.

“O que fazer? Apenas lamentar. A Secretaria de Educação deveria estar pensando em melhorar a qualidade do ensino e não ficar mudando nome de escola. Como um governo que transformou a educação pública da Bahia na pior do Brasil dedica tempo e energia a uma atitude política tão pequena e mesquinha? Não sei se foi um decreto do governador ou de quem quer que seja, mas esse ato não apaga a história. Não compromete a memória do povo baiano”, criticou ACM Neto, presidente nacional do DEM, em recente entrevista à imprensa.

Fonte: Jacobina 24 Horas

 

A unidade escolar que atende alunos do Ensino Médio foi construído no segundo mandato do Governador Paulo Souto (2003-2006) e homenageia o ex-deputado federal Luis Eduardo Magalhães, falecido em 21 de abril de 1998, filho do ex-Senador Antônio Carlos Magalhães.

A Secretaria de Educação da Bahia já havia trocado nomes de Colégios Modelo e aqueles batizados também como Antônio Carlos Magalhães localizados nos municípios de Boquira, Malhada e Fátima.

O Colégio Estadual Cultural de Jacobina, localizado no acesso ao bairro Ladeira Vermelha, possui anexos em Caatinga do Moura e Lages do Batata.

http://maispolitica.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: