Covid-19: deputada Neusa quer serviço virtual para que hospitais informem aos familiares a situação de pacientes

Um serviço de informação e acolhimento às famílias com parente internado com doenças infectocontagiosas, durante endemias, epidemias ou pandemias, criado pelos hospitais públicos, privados ou de campanha na Bahia. Este é o objetivo do projeto de lei de autoria da deputada estadual Neusa Cadore (PT), apresentada nesta terça-feira (5), na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

De acordo com a proposta, as informações deverão ser enviadas diariamente com a atualização sobre o estado de saúde do paciente, sob a supervisão do serviço social da unidade de saúde. “Diante dos protocolos médicos e do alto risco de contágio os pacientes com a Covid-19, por exemplo, são submetidos ao isolamento, uma situação que gera mais angústia para a pessoa internada e familiares. Para diminuir a aflição apresentamos este projeto de lei para que os familiares sejam informados de maneira adequada sobre a situação clínica do paciente”, explica Neusa que preside a Comissão de Direitos Humanos da Alba.

Pela proposta, as informações devem ser enviadas, prioritariamente, em formato de áudio, via aplicativo de mensagem, para facilitar a comunicação com pessoas que tenham dificuldade de leitura. Em caso de complicação no estado do paciente, a situação ocorrida deverá ser avisada logo após a realização dos procedimentos médicos. Além disso, a causa da morte e procedimentos para a liberação do copo também sejam fornecidas, em caso de óbito. O PL proíbe ainda o encaminhamento ou disseminação de mensagens publicitárias para os números dos familiares ou pessoas próximas cadastradas.

imprensa@neusacadore.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: