Cesol Bacia do Jacuípe celebrará 08 anos com série de agendas até maio

No Dia Internacional da Mulher, 08 de março, a Rede Pintadas dá início à série de comemorações pelos oito anos do Centro Público de Economia Solidária da Bacia do Jacuípe. Com o tema “08 anos de Cooperação e Articulação no Território Bacia do Jacuípe”, a agenda visa celebrar e discutir os impactos da implantação da política territorial da Economia Solidária, bem como avançar na consolidação desse modelo de desenvolvimento e inclusão socioprodutiva.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A programação conta com Workshops, Vitrine da Economia Solidária, Lançamento de produtos saudáveis, atrações culturais, dentre outras atividades, que acontecerão no formato virtual em razão da pandemia.

Para abrir a programação, será realizado Workshop “Mulheres e Economia Solidária: partilhando saberes para o bem viver e a transformação social”, que terá a participação de lideranças feministas que atuam em diversos espaços na promoção e defesa da Economia Solidária.

De acordo com a coordenadora do Cesol Bacia do Jacuípe, Solange Paixão de Jesus Oliveira, nada mais simbólico do que iniciar esse calendário destacando a força e a participação das mulheres, que formam a maioria dos empreendimentos assessorados.

História – Gerido pela Rede Pintadas, o Cesol Bacia do Jacuípe foi o primeiro Centro Público de Economia Solidária implantado no interior da Bahia. Trata-se de um espaço multifuncional ligado à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre/Ba), que atua para a promoção e fortalecimento da política de economia solidária. O Centro desenvolve ações diversas como formação, assistência técnica, divulgação, comercialização, dentre outras, contribuindo com o desenvolvimento sustentável da região.

Ao longo dos oitos anos, o Cesol Bacia do Jacuípe já atendeu mais de 128 empreendimentos econômicos solidários, contribuindo na formação sobre consumo consciente e responsável, melhoria dos produtos, criação da identidade visual e acesso aos mercados, dentre outras ações. Através da realização e participação nas feiras, vem oportunizando a divulgação e comercialização das diversas cadeias produtivas da região, além de promover trocas de experiências e acesso a equipamentos e linhas de crédito como o Fundo Rotativo Solidário e o Projeto de Redes.

Com a pandemia da Covid-19, o Cesol vem também contribuindo para o apoio às famílias em situação de vulnerabilidade. Em 2020, coordenou a compra e doação de 4.440 kits de alimentos oriundos da Economia Solidária, iniciativa do Governo do Estado da Bahia, com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza – FUNCEP, através da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE). Também coordenou grupos de mulheres do Território para confecção de máscaras artesanais de proteção que foram distribuídas para pessoas carentes.

Mais informações:

75 – 9 8195-3361

71 -98137-0393

%d blogueiros gostam disto: