Câmara Municipal de Várzea Nova aprova auxílio para várias classes e presidente esclarece voto.

Infelizmente em pleno século XXI, ainda existem pessoas que pensa pequeno, que ainda quer usar a população carente como massa de manobra, com sensacionalismo exacerbado e ridículo sem respeitar princípios para poder alcançar um projeto pessoal sem nem uma proposta, que é capaz de sair da sua comuna para proferir acusações infundadas, sem apresentar argumentações coerente.

Assim, me surpreendeu uma reportagem de um determinado blog da cidade de Coite, cidade bonita, vizinha da cidade de Valente, essa por último tem um dos maiores investimentos na Cadeia Produtiva do Sisal, (APAEB) local que é exemplo de beneficiamento do sisal, podemos unir forças para fazermos algo de concreto para essa cadeia produtiva tão importante para o nosso município e tão desvalorizada ainda. Mas ao invés de união em prol de um projeto que visa o bem comum da nossa população, políticos com ideias arcaicas buscam, unir forças com determinadas mídias sociais para se alto beneficiar politicamente.
Os nossos trabalhadores do sisal não merece passar por mais humilhação do que já passará. Precisamos dialogar sobre os investimentos na cadeia produtiva do sisal e não tentar enganar e causar falsas expectativas nessa classe de trabalhadores na qual sempre me incluir e que já tive a experiência juntamente com minha família em trabalhar no sisal, aprendi muito e se um dia precisar retorno a trabalhar tranquilamente, pois o sisal me formou, graças a ele estou aqui, foi meu meio de sobrevivência e da minha família por muito tempo.
Sendo assim, preciso esclarecer as informações que foi proferida no Blog, acima citado por uma determinada pessoa, a qual sabemos o propósito dessa veiculação e pelo que se percebe sem nenhum conhecimento de Gestão Pública, que deveria ter e tenta a qualquer custo denegrir o brilho das pessoas que tem boas intenções sem respeitar princípios, enfim.

Todos com o mínimo conhecimento sabem, que o nosso município não tem recursos suficientes para atender nesse momento todas as classes trabalhadoras, queríamos muito que tivesse.

Com o advento da Pandemia COVID19, infelizmente a sociedade varzeanovense de forma geral tem sofrido, comércio fechados, trabalhadores sendo dispensados de seus empregos enfim, muita dificuldade.
Algumas classes, sentindo -se muito prejudicada e com seus compromissos a assumir, se organizou e sentou com o gestor municipal, (Joãozinho) que se sensibilizou com os relatos a exemplos de dono de academia, músicos, taxistas, feirantes e donos de bares, que tinha aluguéis de comércio a pagar e mercadorias estocadas. Sendo assim o prefeito solicitou um estudo de impacto econômico financeiro para o município e se comprometeu em atender de início algumas as classes acima. Assim, encaminhou para a Câmara o Projeto, 003/2020, com a alegação plausível de que não tinha de onde tirar recursos nesse primeiro momento para alcançar mais classes, pois, se fosse acrescentada mais classes não tinha como o município pagar. Assim, compreendemos e seguimos o que realmente município podia cumprir, porém alguns vereadores, para poder desarticular a gestão, sabendo eles que não tinha nenhuma condição de acrescentar mais classes entrou com uma emenda acrescentado outras classes, e excluindo as que o gestor tinha se sensibilizado, então nós vereadores da situação, votamos contra a emenda feita pela oposição, por entender incompatível com a realidade financeira do município. E na sequência votamos no Projeto, 003/2020, sendo aprovado por unanimidade após algumas categorias pressionar vereadores da oposição.
Assim, foi aprovado da forma que o município podia pagar, certamente, estamos muito preocupados com o nosso município. Não tenham dúvidas que estamos estudando uma forma de ajudar mais o nosso povo, agora com responsabilidade e vamos propor mais ações, não tenha dúvidas as dificuldades econômicas ainda virão e temos que está preparados.
Compreendo a importância de tantas outras categorias más seria utopia dizer que um município com um FPM de 0.8 conseguiria alcançar financeiramente todos de uma só vez. Hoje nosso município é exemplo e qualquer um pode pesquisar se existem outros municípios dando auxílio com recursos próprios igual o nosso está fazendo, estamos preocupados com a Pandemia nesse momento a crise econômica de fato está por vim. Em relação a economia temos que buscar incentivar o crescimento principalmente na cadeia produtiva do sisal que nos emancipou e que hoje está perdendo espaço para a agricultura irrigada outra fonte de crescimento formidável para nosso município, pois, temos solos férteis e terras produtivas.
Acredito que o povo quer se emancipar e não ficar cativo a determinadas figuras políticas.
Por fim, os sensacionalistas de plantão que procura um blog para querer manobrar e enganar o povo com falsas expectativas, deveriam estar preocupados em mostrar propostas que o nosso município pode cumprir, crescer e avançar.

Fonte: Evandro Miranda (Presidente da Casa Legislativa)

 

http://alisonoticias.com.br

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: