Correio do Sertão em dose dupla: 30/09/1928-53

Quando levantamos a bandeira da necessidade de tombamento e manutenção da História contada pelas páginas do Correio do Sertão, não é alarde muito menos sensacionalismo.

Nosso leitores estão habituados a ter, todo sábado ou domingo, edições completas do noticiosos mais antigo do Interior Baiano, em circulação ininterrupta, com pelo menos cem anos de edição. Foi assim durante todo o ano de 2022 e seria em em 2023, não fosse o fato de que não encontramos nos arquivos digitalizados e que nos foram disponibilizados, aqueles correspondentes aos 6 primeiros meses do ano de 1923, não permitindo a nós, portanto, a sequência do trabalho. Porém, em nossas pesquisas e por sugestão de amigos que estão acompanhando estas publicações, a partir desta edição, traremos em alternância, uma quinzena com as edições alusivas ao ano de 1928, com edições de 1953, aproximando mais ao tempo de nascimento de muitos amigos ou seus pais e avós, permitindo ainda mais, o pertencimento a esta história viva.

Apresentamos a edição de 30 09 1928/53:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *