Colégio Teotônio Marques Dourado realiza reunião de pais e mestres e homenageia as mulheres

Na tarde deste sábado (11), no pátio do Colégio Teotônio Marques Dourado Filho, em Morro do Chapéu, aconteceu a 1ª reunião de pais e mestres da escola, sob a direção do professor Marcos Paulo Marques.
Após a apresentação da direção e corpo docente, o diretor pediu uma salva de palmas para as mulheres, diga-se de passagem, representadas por mais de 80% dos presentes, tanto para mães e pais, quanto para professores e professoras. Em seguida, foi apresentado o calendário 2017 que chega com a alteração de 4 para 3 unidades, mudando também a nota quantitativa de 6 para 5 por unidade, a qual será obtida após a aplicação de pelo menos seis formas de avaliação e atividades que servirão para tanto.

Houve questionamento de um pai quanto a pequena presença de professores nas ditas reuniões de pais e mestres, o que foi até melhorado com a continuidade do evento mas, ficou a cobrança de que é justamente nestas reuniões que se tem a oportunidade de conhecer e dialogar com os professores. Em seguida, o diretor comentou sobre a paralisação nacional prevista para o próximo dia 15  de março, sobre a qual a direção da escola não pode intervir, respeitando o direito do professor quanto a luta por melhorias de salário e condições de trabalho mas,a escola estará normalmente em funcionamento, quando o pai voltou a interferir para que os grevistas informem as aulas que acontecerão para que os pais se organizem com os horários do filhos.

Dando prosseguimento, o diretor trouxe a proposta de utilização da mão de obra dos pais para o reboco dos muros na parte externa da escola que serão utilizados para a culminância das aulas de desenho e pintura, retratando as belezas naturais, as pinturas rupestres, as figuras da educação morrense, entre outros, no Programa Mais Educação.
Foi dito ainda que 2018 será do ano de aniversário de 40 anos da escola e que dentre as homenagens, pretende-se realizar, dentre outros momentos, o desfile cívico com a fanfarra da escola, para a qual, a direção já encaminhou solicitações ao prefeito municipal e secretaria estadual de educação para a aquisição dos instrumentos porém, acredita-se que o que funcionará mesmo será a mobilização de toda a comunidade escolar, junto com o comércio local para que o projeto se concretize.

Falou-se ainda sobre as oportunidades de emprego ou de experiências com o primeiro emprego a partir do desempenho escolar, o que tem sido um fator de mudança de comportamento pela perspectiva de ser o próximo ou a próxima a receber esta oportunidade, mostrando que só neste início de ano, 8 alunos e alunas já receberam a condição de trabalho em meio turno, percebendo meio salário mínimo para tanto.
Finalizando, realizou-se o sorteio de brindes para as mulheres presentes, ofertando-lhes rosas simbolizando seu dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.