Casal é encontrado morto na cidade de Miguel Calmon

Um homem identificado como Júlio, e a esposa dele, de prenome Dete, foram encontrados mortos na tarde deste domingo (12/2), em um matagal próximo ao bairro Braço Mindinho, em Miguel Calmon – cidade a cerca de 37 quilômetros de Jacobina.

Segundo informações preliminares apuradas pelo Jacobina Notícias com um amigo da família, Júlio teria sido morto a golpes de facão, que atingiram seu pescoço e cabeça. A arma usada no crime foi achada próxima ao corpo. A esposa dele, Dona Dete, foi encontrada morta a poucos metros, pendurada pelo pescoço por uma corda amarrada a uma árvore. 

O caso gera comoção na cidade de Miguel Calmon. Júlio e Dete eram casados há muitos anos e deixam sete filhos, entre homens e mulheres, além de netos. Dois dos filhos do casal são pastores evangélicos e um jogador de futebol muito conhecido na região. 

Havia a informação de que Júlio seria pastor evangélico, mas o amigo da família contou ao JN que a informação “não procede, são os dois filhos do casal que são pastores, mas ele não”. 

Polícia investiga

Embora a suspeita inicial seja de que a mulher tenha golpeado o marido com facão e, após matá-lo, tirou a própria vida, apenas a perícia realizada pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) poderá apontar as circunstâncias das mortes. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Por: Jacobina Noticias

http://nonatonoticias.blogspot.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *