19 MUNICÍPIOS SE REÚNEM EM JACOBINA PARA DISCUTIR A IMPLANTAÇÃO DA POLICLÍNICA REGIONAL EM JACOBINA

Na tarde desta quinta-feira, 13 de julho de 2017, aconteceu em Jacobina, uma reunião com prefeitos e
vereadores e outras lideranças representantes de 19 municípios, que formam o Consórcio de Saúde da
região de Jacobina. O Secretário de Saúde do Estádio, Fábio Vilas Boas, que era aguardado, não
compareceu ao encontro e foi representado pelo Sr. Nelson Portela, que é presidente dos Consórcios de
Saúde da Bahia, o mesmo fala sobre o projeto das 11 Policlínicas em andamento, que tem por objetivo
desafogar os hospitais da capital, oferecendo atendimentos de alta complexidade.
Estiveram presente por Morro do Chapéu a Secretária Municipal de Saúde Karina Luiza representando a
gestão municipal, a vereadora Professora Sheila representando o legislativo e Pedro Honorato
representado o Conselho Municipal de Saúde.

Segundo Nelson o Governo do Estado dispõe apenas de uma unidade do projeto das Policlínicas, que
está sendo disputada entre as regiões de Jacobina, com 19 municípios, e Senhor do Bonfim, com 9
municípios. Após construída com valor entorno de R$ 20 milhões, o Governo do Estado continuará
repassado 40% projeto e os municípios entrarão com 60%.
Na abertura do encontro, o perfeito de Jacobina, Luciano Pinheiro, cumprimentou as autoridades
presidentes e fez uma breve explanação da necessidade da implantação da Policlínica na cidade do
ouro, com base para atender as 19 cidades do Piemonte da Chapada Diamantina. “O município de
Jacobina tem recebido no Hospital Municipal Antônio Teixeira Sobrinho, pacientes de várias cidades da
região. O maior número de internados não são de Jacobina, e sim de cidades vizinhas. Claro que nunca
iremos negar atendimento, mas, precisarmos do projeto” disse Luciano, que é presidente do Consórcio
de Saúde da região de Jacobina.
O grande problema visto neste momento é o problema político uma vez que o prefeito de Jacobina,
Luciano se apresenta como oposição ao governo do estado, isso não favorece o projeto a ser
implantado em Jacobina.

O ministério publico estadual também se fez presente na pessoa da promotora de justiça Dra.
Rossil Garcia Matos a qual se mostrou bastante familiarizada com o projeto e mencionando
que este é de suma importância para diminuir o fluxo de pacientes para a capital.

Fonte: Sec. Executiva CMS-MC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *