MAIS UMA VEZ, A JOEL MODESTO ESTÁ EM OBRAS…


Diante de tantos questionamentos da comunidade, o leoricardonoticias sentiu-se na obrigação de investigar o que estaria acontecendo.

A avenida Joel Modesto, junta-se à praça Flaviano Guimarães (praça da Música) e esta, por sua vez, soma-se à rua Antonio Balbino, atravessando toda a extensão da sede do município de Morro do Chapéu, ligando pontos da BA-052.

Num passado não muito distante, era conhecida como a ‘Federal’, pelo fato de ser a via de passagem dos viajantes em seus possantes veículos até os anos 1970, quando foi inaugurada a estrada do Feijão.

Daí, mais recentemente, alvo de promessas e mais promessa políticas quanto à sua urbanização, cujos projetos já saltaram de orçamentos da ordem de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais), para R$ 10.000.000,00 (dez milhões de reais) mas,nunca saíram do papel pelas mais politiqueiras razões.

O certo é que, desde a gestão passada, sempre foi motivo de debates, inclusive pela sua movimentação em dias de feria-livre.

Tapa-buracos, reformas, fechamento de canteiros e retornos pelos mais estranhos interesses e razões, além das famosas ‘roubadinhas’ de trânsito, por conta das mudanças que, nem sempre agradam, até provocando pequenos acidentes, porém, não se justificam as ‘roubadinhas’, com percursos tão pequenos para retornos, mesmo porquê, em cidades maiores, os mesmos condutores se vêem obrigados a percorrer trechos infinitamente maiores para fazê-los e o fazem sem contestar mas, como aqui o nosso trânsito ainda não tem sinalização e regulamentação para tanto, aproveitam-se e muito das situações.

Pois bem, ao fazermos esta fotos, em dois trechos da avenida, um próximo à Caixa Econômica Federal e o outro lá na altura da Skapa, percebemos a desconfiança dos operários que executavam a ‘obra’, no entanto, antes de fazê-las, estivemos em contato com o secretário de obras, Ney Souto, cujas informações esclareceram a ideia em prática. Os retornos serão reabertos pelo fato de facilitarem o escoamento da água das chuvas, principal razão de tantas reformas e consertos, por levar a areia e cimento utilizados nos serviços. Além disso, a calçada em frente aos estabelecimentos comerciais, no sentido praça da Música-Alto da Chapada, será aberta em torno de 1,70m (um metro e setenta centímetros), em direção avenida-lojas, para que os veículos estacionem em ângulo como preconiza a lei.

Quanto ás ‘roubadinhas’, o canteiro que fica em frente à Casa das Rações será extendido em 3m (três metros), para evitá-las num dos pontos críticos da via.

Agradecemos ao secretário pelos esclarecimentos e torcemos para que funcione.

Estaremos sempre atentos e com nosso espaço aberto para questionamentos e esclarecimentos.

Comments

Comentários

Anterior XXI FESTA DE VAQUEIROS DE SÃO TOMÉ DE CAMPO FORMOSO. CONFIRA O VÍDEO DO CONVITE!
Próxima Recorte de hoje: Edição 18, de 11 11 1917. quer comprar um cavalo de bigodes? Clique na imagem