Flores levam clima e perfume da natureza para dentro de casa


Rosas do deserto são cultivadas em Morro do Chapéu na Chapada Diamantina

Decorar a casa com flores pode ser a saída para quem precisa trazer o clima de natureza para dentro da zona urbana, sem perder o toque moderno. Naturais ou artificiais, as flores carregam um ar delicado e levam a sensação de conforto para o ambiente.

A arquiteta Ana Burity, do escritório Fonseca e Burity Arquitetura, garante que as flores podem ser usadas em quase todos os ambientes.

“Excetuando banheiros e cozinhas, que normalmente são ambientes quentes e abafados, além do fato de que cozinha acumula gordura, todos os ambientes são bons para decorar com fores. Quartos, salas e escritórios principalmente”, enumera Ana.

Entre seus projetos, Ana Burity inova e apresenta as flores em alternativas diferentes a vasos. A arquiteta aposta em saídas como espaços de jardinagem e “quadros verdes” – onde as flores se tornam as obras de arte –, normalmente empregados nas varandas, além de flores suspensas.

“Hoje em dia, os espaços estão cada vez mais reduzidos e as flores acabam sendo um artifício para trazer um toque mais confortável”, pontua.

Buscando dar um toque delicado e um visual romântico à sua loja de roupas, a empresária Amanda Mota costuma apostar no floral para seu empreendimento. Ela conta que seus clientes costumam se sentir mais à vontade com a escolha.

“Normalmente os comentários partem mais das mulheres, mas os homens também reparam. O feedback das pessoas é sempre bem positivo. As flores têm o poder de deixar as coisas mais aconchegantes, e é exatamente esse o clima que eu quero dar à minha loja”, considera Amanda.

Para comemorar o mês da mulher, o Shopping Paseo, localizado no Itaigara, em parceria com a produtora de flores D&J Adenium, realiza até o dia 26 de março a mostra Paseo em Flor, para expor orquídeas e rosas-do-deserto.

O coordenador do evento, que também é cultivador de flores, Francisco Márcio, explica que as duas flores, apesar de possuírem características diferentes, são perfeitas para decorar ambientes.

“As rosas-do-deserto são indicadas para ambientes como varandas e quintais, pois elas gostam mais do sol e precisam ser regadas poucas vezes, o que favorece o florescimento o ano todo. Já as orquídeas não precisam de tanto sol e se adaptam melhor a ambientes com ar-condicionado, por exemplo”, explica Francisco.

Harmonização

A arquiteta explica que, ao contrário do que as pessoas pensam, a cor das flores não influencia tanto na cor da decoração em si.

“Flores costumam ser neutras e entram no ambiente para valorizar. A menos que sejam de cores muito berrantes, não existe muita influência entre elas e a cartela de cores do ambiente”, contou Ana, que revelou preferir flores brancas, por terem um visual “mais elegante”.

Apesar do estigma do romantismo ligado às flores, elas não precisam, necessariamente, compor um clima apaixonado. Orquídeas, girassóis ou mesmo as suculentas – plantas cujas raízes tendem a ser mais grossas, a exemplo dos cactos – podem fazer parte de um espaço mais formal, como um escritório.

“Nesses casos é possível trabalhar com plantas mais folhosas também, mas não necessariamente excluir as flores. As cores também influenciam”, pondera Ana.

*Sob a supervisão da editora Cassandra Barteló

Fonte: Atarde

Comments

Comentários

Anterior Operação flagra bar vendendo cachaça com álcool combustível e ácido acético em Jacobina
Próxima Resultados atualizados do Futsal e Futebol deste fim de semana