Candidatos estão proibidos de bancar totalmente os seus gastos de campanha.


O Congresso Nacional, em sessão com os deputados e senadores, derrubou no dia de hoje o veto do presidente Michel Temer que libera o autofinanciamento irrestrito de campanha.

Com a decisão, o candidato ficará proibido de bancar totalmente os seus gastos eleitorais até o limite previsto para cada cargo.

Alguns parlamentares entendem que os candidatos serão, então, enquadrados na regra de pessoas físicas, que podem fazer doações até o limite de dez por cento dos seus rendimentos brutos no ano anterior.

Ainda não se sabe se a decisão será posta em prática no próximo ano, ou ficará apenas para as eleições municipais.

Fonte: Mandacaru Notícias.

Comments

Comentários

Anterior Tribunal de Contas publica parecer sobre a aprovação de contas do ex-prefeito Dion Avelino.
Próxima Projeto #Grafitaê envolve 209 mil estudantes da rede estadual em 2017