Câmara de Morro do Chapéu aprova Lei Orcamentária Anual para o exercício 2018


A Câmara Municipal de Morro do Chapéu aprovou, na sessão extraordinária desta quarta-feira (13), a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício 2018. O orçamento estimado em mais de R$ 82 milhões segue agora para apreciação e sanção do prefeito Leonardo Dourado (PR).
Na oportunidade, o presidente da Câmara, Antônio Júnior Rocha (Podemos), expôs que mesmo diante da necessidade de realização de várias sessões extraordinárias os vereadores conseguiram cumprir o cronograma para aprovar a LOA e o Plano Plurianual (PPA 2018-2021).

Vereadores apreciam Orçamento para o exercício 2018
“A Câmara cumpre o calendário para a discussão e aprovação da Lei Orçamentária, antes do recesso parlamentar. Importante salientar que o tema foi amplamente discutido entre os vereadores, e através da realização de Consultas Públicas do PPA”, ressaltou o vereador.
A LOA estima receitas e despesas do município para o ano subsequente. Ao todo, os vereadores apresentaram 2 emendas, sendo elas de caráter modificativo. Uma indica recursos para a área da cultura relacionada a manifestações religiosas e a outra reduz o índice de suplementação do orçamento para 50%.

Vereadora Professora Sheila (PT) utiliza a tribuna durante a Sessão
A vice-presidente da Casa, Professora Sheila (PT) ressaltou a importância do PPA para o município. “Para além da LOA, votamos o PPA que é um documento importantíssimo para o nosso município, visto que ele ultrapassa as fronteiras de um mandato, definindo ações para todas as áreas do município até o ano de 2021”.
A 1ª secretária, Isabela Rocha (PV) destacou a responsabilidade da Casa em apreciar as pautas orçamentárias. “Tudo que vai acontecer em nosso município gira em torno das matérias votadas nesta Sessão. Saúde, educação, infraestrutura e outras demandas precisam ser debatidas, democraticamente, para que a gente defina as melhores saídas para o nosso povo”.
O Projeto de Lei Orçamentária Anual é elaborado de forma compatível com o Plano Plurianual (PPA), com a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e com as normas da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).
Na Ordem do Dia, a Câmara apreciou a aprovou normatização para pagamento de terço de férias e décimo terceiro a agentes políticos municipais, decisão baseada em entendimento do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) e jurisprudência do Superior Tribunal Federal (STF).

Comments

Comentários

Anterior POLÍCIA MILITAR COMPARTILHA BANNER NATALINO EM REDES SOCIAIS. CLIQUE NA IMAGEM!
Próxima CÂMARA DE MORRO DO CHAPÉU ENCERRA TRABALHOS NESTA SEXTA (15)