AGRESTE… MAIS UMA BELEZA PARA COMPOR NOSSO GEOPARK


Fotografias da Cachoeira do Agreste. Morro do Chapéu,  Chapada Diamantina-BA.
Apesar de não estar com um volume expressivo na sua exuberante queda d’água, a Cachoeira é um excelente local de visitação para quem gosta de curtir a natureza, fotografar e tomar banho.
Vamos nos mobilizar, talvez lançar uma campanha para que os morrenses possam conhecer as nossas belezas esculpidas pelas mãos de Deus.
São muitos os relatos de morrenses informando que não conhecem as belezas da nossa querida cidade.
Acredito que quem conhece tem maior possibilidade de valorizar e proteger.
Nossa cidade possui diversos atrativos naturais com cenários inesquecíveis (vários turistas que visitam nossa cidade saem encantados com tamanho potencial turístico → além das belezas naturais,  temos a possibilidade de um Turismo Rural (podendo ser explorado o potencial das diversas culturas aqui implantadas como o marmelo, a uva, o morango a ameixa, a maçã…), nossas Filarmônicas,  artesanatos, danças, temos aqui também uma riquíssima História que deve ser explorada envolvendo o interesse dos que aqui visitam).
Morro do Chapéu foi agraciada com diversos ambientes que podem ser devidamente explorados por visitantes,  que podem encaminhar mais visitantes…
Aqui deixo minha opinião para que possamos fazer com que o “sonho”,  inicialmente do Dr. Dourado e agora de diversos outros morrenses também, possa ser abraçado por vários outros cidadãos (e quem sabe até apoiado por  empresas e instituições) no intuito de chegarmos ao reconhecimento pela UNESCO como GEOPARK.
Um GEOPARK precisa ser administrado e coordenado por pessoas da comunidade (GOVERNANÇA), e, para que isso ocorra,  precisamos conhecer para poder opinar, coordenar, solicitar apoio de alguns órgãos,  empresas, governos, saber administrar corretamente,  tomar decisões de melhorias de alguns ambientes…
Só existe um GEOPARK no Brasil (GEOPARK DO ARARIPE-CE).
Temos em Morro do Chapéu diversos Geossítios que são de grande importância para o reconhecimento de um ambiente como GEOPARK.
ABRACEMOS ESSA IDÉIA E ESSE SONHO.
MORRO DO CHAPÉU TEM MUITO A GANHAR COM O RECONHECIMENTO E MANUTENÇÃO DO GEOPARK (pode ser considerado como um Marco histórico → Morro do Chapéu antes e Morro do Chapéu depois do reconhecimento como GEOPARK).
Sou apenas um entusiasta morrense que acredita no potencial que nossa cidade possui na área do turismo.
Franco William Novaes Dourado.
Eng. Agrônomo,  Mestre em Fitotecnia.
Professor do CETEP Chapada Diamantina II.
Professor da FAI (Curso de Engenharia Agronômica).
ABRAÇO.
FIQUEMOS NA PAZ DE DEUS.

Comments

Comentários

Anterior Inscrições para o Sisu começam nesta terça-feira (23)
Próxima Política: Após acenos do PP e PR a Neto, Wagner reúne aliados para 'apagar fogo'